Um Administrador movido pela paixão

Você está em:/, NEGÓCIOS, TECNOLOGIA/Um Administrador movido pela paixão

Quem vê a trajetória de sucesso do administrador Leandro Vieira não imagina que antes de encontrar a carreira de sua vida ele fez diversos vestibulares e começou quatro faculdades. O troca-troca nos bancos universitários foi essencial para o amadurecimento do administrador. Ainda durante o curso de Administração, Vieira criou o maior canal on-line voltado à área de Administração e Negócios na Amé- rica Latina, o Administradores.com. Inquieto e apaixonado, como se define, ele sempre soube encontrar nas adversidades o impulso para inovar.

RBA: VOCÊ SEMPRE SOUBE QUE SERIA UM ADMINISTRADOR?

Leandro Vieira: Quando eu estava no terceiro ano do Ensino Médio, não tinha ideia do que fazer. Sabia que tinha aptidões, mas não sabia como usá-las, qual carreira escolher. Como estava meio perdido, família e amigos começaram a dar pitacos e fui na onda. Prestei vestibular para Direito. Não me identifiquei desde o primeiro dia de aula. As coisas só pioravam à medida que os semestres passavam e resolvi fazer mais um vestibular, dessa vez para Ciências Sociais. Mesmo achando o curso muito interessante do ponto de vista teórico, era uma faculdade teórica demais e eu precisava colocar teorias em movimento. Acabei largando e continuei no Direito. Como gostava muito de escrever, fiz vestibular para Jornalismo. Depois, Matemática. Com esse troca-troca de curso, fui amadurecendo. Lá pelas tantas me vi no curso de Direito lendo livros sobre Administração e daí soube que era isso que eu queria. Larguei tudo, nem tranquei matrícula e prestei vestibular para Administração. Foi amor à primeira vista. Realmente me encontrei.

RBA: E COMO NASCEU O ADMINISTRADORES. COM? FOI UM PROJETO QUE NASCEU ENQUANTO VOCÊ AINDA ESTAVA NA FACULDADE?

Leandro Vieira: Pelo fato de ter entrado muito apaixonado pelo curso, fui um aluno muito interessado em tudo que a faculdade tinha a oferecer. Fui monitor, participei de pesquisa científica, fui empresário júnior e, por estar em movimento desde o início, criou-se um terreno propício para surgir uma ideia. Era o ano 2000, a internet no Brasil ainda estava engatinhando, mas era meu passatempo favorito. Nesse ano, um professor queria compartilhar um arquivo eletrônico com a turma e isso era uma revolução porque todos estavam acostumados a tirar cópias de apostilas. Mas a forma que o professor escolheu para fazer isso era muito amadora: ele escreveu no quadro o e-mail dele e a senha. Pensei que aquilo era amador demais e que ele deveria ter um site. Pensei que eu poderia fazer um site para ele. Mas pensei melhor: se eu podia fazer um site para os professores, poderia fazer um site que pudesse ser usado por todas as pessoas. Daí surgiu a ideia do portal. Como um bom estudante de Administração, fui para casa e montei meu plano de negócios: busquei um nome, domínio e comecei a odisseia de colocar a ideia de pé.

RBA: QUAIS DESAFIOS VOCÊ ENCONTROU NESSE PROCESSO?

Leandro Vieira: Como eu disse, era início dos anos 2000. Era tudo muito incipiente no que se referia à internet. Acabei contratando uma empresa para montar o site. Me prometeram um site maravilhoso em três meses e recebi um site péssimo muito mais de um ano depois. Naquela época, eu estagiava na empresa dos meus pais e apliquei ali todas as economias que havia juntado da bolsa que recebia. Como o resultado do site que me entregaram ficou muito ruim, perdi o dinheiro, levei um calote. Mas não fiquei parado. Nesse meio tempo, criei um grupo de discussão que acabou se tornando o maior grupo de discussão sobre Administração do Brasil. Por isso, o grupo acabou chamando a atenção do pessoal da revista Você S.A. Não sei como a equipe da revista conseguiu me achar, mas me convidaram para migrar o grupo do Yahoo para o portal da revista. Com isso, o grupo passou a ter uma projeção muito grande. Todo mês, por ser um grupo muito participativo, a revista publicava uma nota sobre as discussões na edição impressa. Essa foi a comunidade inicial que deu início ao Administradores.com, que só saiu em forma de portal no início de 2004.

RBA: COMO VOCÊ CONTOU, FORAM MUITAS DIFICULDADES DURANTE O SEU PERCURSO. ALGUMA VEZ VOCÊ PENSOU EM DESISTIR?

Leandro Vieira: Nunca. Essa dedicação, esse envolvimento, a gente se vicia nesse tipo de ritmo, de rotina. Nunca pensei em desistir. Foi difícil. Em 2004, já tinha terminado a faculdade de Administração e tinha feito uma pós-graduação em Marketing. Voltei para o curso de Direito para estudar com a minha esposa e me formei. Quando terminei tudo, senti necessidade de aprender mais. Em 2004 tomei a decisão de voltar para o Rio Grande do Sul e fazer o mestrado na Universidade Federal de lá. Foi um período conturbado. Fazia o mestrado, dava aulas. Tinha praticamente os três turnos tomados. No meio disso tudo, estava nascendo o Administradores.com, com grande demanda de trabalho. Nessa época, minha esposa trabalhava como advogada numa empresa e volta e meia a gente ia madrugada adentro para alimentar o site.

RBA: VOCÊ ACREDITA QUE A INTERNET MUDOU O MERCADO DE TRABALHO PARA OS ADMINISTRADORES?

Leandro Vieira: A internet mudou drasticamente o mercado. Hoje em dia é possível trabalhar a distância, isso é realidade para todos. Antes, era restrito a um grupo menor, os chamados nerds. Hoje em dia é realidade. Mas as pessoas têm que estar atentas para saber como usar a tecnologia para alavancar seus projetos de vida.

Clique aqui e confira a entrevista na íntegra. 

2017-10-18T11:31:30+00:00 outubro 6th, 2017|Categories: AMINISTRAÇÃO, NEGÓCIOS, TECNOLOGIA|