Como Ricardo Semler me inspirou a virar minha própria mesa

Você está em:/, AMINISTRAÇÃO, INOVAÇÃO/Como Ricardo Semler me inspirou a virar minha própria mesa

Imagine a minha sorte: o primeiro livro de administração que li, ainda adolescente, já tratava de virar a administração pelo avesso

Eu devia ter uns 14 ou 15 anos, e meu irmão mais velho estava maravilhado com “Virando a própria mesa”, livro de estreia de Ricardo Semler, o brasileiro que não apenas revolucionou a forma de gestão da Semco, mas se transformou em um estudo de caso da Universidade de Harvard e uma das mentes mais influentes do mundo dos negócios. Curioso que sempre fui, roubei o livro dele e o devorei em uma única sentada.

Imagine a minha sorte: o primeiro livro de Administração que li, ainda adolescente, já tratava de virar a Administração pelo avesso. As sementes que Semler lançou em 1988 germinaram anos mais tarde em minha mente e marcaram profundamente a forma como enxergo a Administração, o poder das ideias e – o mais fantástico – o poder das pessoas. Já estudante de Administração, encarava aquelas aulas de como fazer um organograma empresarial como uma grande perda de tempo. Meu resumo sobre o livro: um clássico com quase 30 anos de idade e que, mesmo assim, continua revolucionário.

Confira o artigo na íntegra. Clique aqui!

2017-11-08T14:43:15+00:00 novembro 8th, 2017|Categories: ACADÊMICO, AMINISTRAÇÃO, INOVAÇÃO|